Translator

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

domingo, 18 de setembro de 2016

JAH9-´´9´´-2016

























--------------------------------------------------------------------------------
Janine Cunningham aka Jah9 lança novo álbum..
Saiu na última sexta (09/09), o tão aguardado novo álbum da jamaicana Jah9,´´9´´. A cantora e poetisa é conhecida pelo seu estilo único e por ter criado o gênero jazz on dub, lembrando os trabalhos de nomes com Linton Kewsi Johnson, que assim como Jah9 encaixa os versos de seus poemas entre as frases do dub. Além de sua força como compositora lírica, Jah9 oferece um desempenho impressionante como a principal produtora do novo álbum 9. O disco é o sucessor do aclamado New Name de 2013, o primeiro álbum da cantora, e com suas 9 faixas conta com diversos simbolismos envolvendo o número 9. Além do ano de lançamento (2+0+1+6 = 9), o disco representa o empoderamento da mulher (Feminine), com mensagens diretas e proféticas. O disco ainda conta com a participação de peso de Vaughn Benjamin da banda Midnite na faixa final do trabalho...
------------------
  http://www.layback.com.br/radio/jah9-lanca-seu-novo-album-9/

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

MAX ROMEO-´´Horror Zone´´-2016

























---------------------------------------------------------------------------
Se  você ainda não ouviu o clássico de 1976 de Max Romeo produzido por Lee "Scratch" Perry ´´ War Ina Babylon´´, faça-o antes de tomar um ouvido a Horror Zone. Ele irá demonstrar claramente que este não é um álbum de retorno. Embora tenha se passado 40 anos, este registro é simplesmente pegar o ponto onde a guerra parou: uma coleção emocionante de raízes e reggae. Romeo, ele de mais de duas dezenas de álbuns e inúmeros singles o mais famoso dos quais sendo o Jay Z -Productions " Chase the Devil " -tem vindo a fazer e executar a música na Jamaica e em todo o mundo por meio século, e que mesmo número de anos pode ser aplicado a muitos dos artistas contribuem nesta ficha, bem como o equipamento utilizado para fazer a coisa.  Para capturar a sensação correta, o processo de gravação foi necessário o uso do Rolling Lion Studio  de Boyle, em 1970 ,no puro estilo Black-Ark. E para aqueles que estão interessados ​​nos meandros do equipamento, o encarte indicam apenas o que tipos de compressores, consoles e microfones foram usados ​​para capturar essas músicas que foram acompanhados ao vivo assim como foi feito há quase 50 anos. Três veteranos do Upsetters de Lee Perry ,âncora do álbum na época: o saxofonista Glen Da Costa, trombonista Vin Gordon, e o fiel tecladista Robbie Lyn. Da Costa e Gordon também são veteranos da famosa Alpha Boys ' School, bem como membros da banda de Bob Marley. Em cima de tudo isso, o famoso artista Tony Wright, que já trabalhou com artistas como Ramones aos Meters To Marley, foi chamado para pintar a capa que ele pintou a imagem para War Ina Babylon.  Além de toda essa atenção ao detalhe histórico ,está o fato de que cada música é como apontado liricamente e musicalmente tão completa como qualquer álbum da era dourada do período de muitos chamam de reggae. Começando com Romeo fazendo a pergunta " Se eu lhe disser que o mundo está em apuros ?," a totalidade do registro fornece exemplos desse problema e coloca muitas causas e efeitos da corrupção, o colonialismo e a guerra em curso.  Cada uma das nove músicas do disco tem uma versão de acompanhamento profundo,dub pesado , que demonstra claramente a inspiração e envolvimento do Scratch (e ele é creditado para os vocais e efeitos clássicos em três dos dubs). O eco da guitarra em "What If Version", por exemplo, parece deixar a música respirar, preenchendo os espaços com atraso e dings de um xilofone que soa mais como o anel de um piano de brinquedo distante. É lúdico e assustadora ao mesmo tempo.  Esta coleção realmente começou como um projeto Kickstarter pelo produtor britânico Daniel Boyle. Boyle tinha mais do que um pouco de sucesso de volta em 2013 com um Kickstarter ,que fez  Lee "Scratch" Perry voltar sobre os controles possíveis. Não só foi esse registro também gravado no mesmo estúdio com todo o equipamento vintage, mas foi nomeado para um Grammy. Dada a mesma atenção a todos os detalhes sobre Horror Zone, não seria surpreendente se a conexão Romeo / Boyle levaria a uma repetição.  Horror Zone demonstra que há uma razão raízes e a cultura parece permanecer forte, e que em tempos difíceis nós precisamos de vozes conscientes mais do que nunca. Quem melhor para comentar que o homem que se ofereceu para "perseguir o diabo fora da terra?..
---------------------------------
http://pitchfork.com/reviews/albums/22106-horror-zone/
----------------------------------
Tracklist:

01 Fed Up
02 Horror Zone
03 What If
04 Scammer Jammers
05 The Sound Of War
06 Cigarette
07 What Is Life?
08 Woi Woi Returns
09 Give Thanks To Jehovah
10 Fed Up To My Dub
11 Dub Zone
12 What If Version feat. Lee Scratch Perry
13 Scamjam Dub
14 The Sound Of Dub
15 Cigarette Stub
16 What Is Dub?
17 Woi Dub Return feat. Lee Scratch Perry
18 Give Thanks Version feat. Lee Scratch Perry

Melhores Faixas: "Horror Zone", "The Sound Of War".

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

BEN PRIEST-´´Freeman´´-2016

























------------------------------------------------------------------------------
Esta é uma narrativa inspiradora e motivadora de uma viagem musical épica. O álbum muito esperado está finalmente aqui para agitar o público.O músico sul africano do reggae Ben ´´Yardy´´Priest vem com seu primeiro álbum solo ´´Freeman´´,lançado agora em 2016..
Ben é vocalista de ligação da Lucky Dube Band,banda formada com alguns ex membros de Dube,e produzida por seu filho Thokozani ´´TK´´ Dube..
Em ´´Freeman´´ Ben Priest nos presenteia com magníficos temas como 1. Freeman  , Spirit of Jah , You Can ,Your Delays ,Lion of Judah , Substitute Lover , Fairytales  ,Call Him ,Double Trouble , I Wanna  , Brand Newman  e Messiah ...
------------------------
http://www.cdbaby.com/cd/benpriest
TRACKLIST

1. Freeman  5:07
2. Spirit of Jah  4:06
3. You Can  4:51
4. Your Delays  5:27
5. Lion of Judah  5:58
6. Substitute Lover  4:13
7. Fairytales  4:47
8. Call Him  3:18
9. Double Trouble  4:21
10. I Wanna  3:27
11. Brand Newman  4:10
12. Messiah  3:43

domingo, 17 de julho de 2016

THUTHUKANI CELE-´´Eyes for My Babe´´-2016

























--------------------------------------------------
Thuthukani Cele ´´Eyes for My Babe´´,lançamento de 2016 é o primeiro álbum solo do músico sul africano Thuthukani Cele,ex tecladista de Lucky Dube e atual vocalista da One People Band..
Thuthu como é conhecido contou no álbum com amigos como Sista Phumi Maduna (ex backing vocalista de Dube),Plago ,Sharon e sua filha Philile Cele em temas como Room and Talk (feat. Philile Cele),Whos Wasting Our Waters (feat. Phumi Maduna),Freedom Time (feat. Phumi Maduna), Action (feat. Plago),Nyaope (feat. Phumi Maduna and Plago),Mzansi Party,Oh My Angel,Vimbani Le Wunga,Mukurunganyi,e a faixa título,Eyes for My Babe..
--------------------
TRACKLIST
01-Action -05:43
02-Hlonipha- 04:18
03-Breast Cancer- 04:56
04-Eyes for My Babe- 04:35
05-Oh Nibahle- 04:58
06-Nyaope- 05:44
07-Mzansi Party- 05:04
08-Oh My Ange-l 05:32
09-Rainbow- 04:37
10-Room and Talk- 06:06
11-Vimbani Le Wunga -05:32
12-Mukurunganyi -05:10
13-Whos Wasting Our Waters -04:23
14-Freedom Time- 05:21

quarta-feira, 22 de junho de 2016

V.A.-WE REMEMBER DENNIS BROWN (2016)

























-------------------------------------------------------------
Este 01 de fevereiro de 2016 marcou o que teria sido o 59º aniversário do falecido e grande Dennis Emmanuel Brown, mais conhecido como o Príncipe Herdeiro Do Reggae. Tendo feito sua marca no Studio One de Sir Coxsone Dodd  como um performer quando criança, Dennis Brown viria a marcar um caminho de soulful roots reggae, levando seu som para o topo das paradas britânicas em 1972 com "Money in my Pocket" ,o cantor gravou cortes cruciais para muitos dos maiores produtores da Jamaica, incluindo Lee "Scratch" Perry, Niney The Observer, Joe Gibbs, King Jammy's, e Sly and Robbie. Dennis faleceu em 1999, mas sua música continua a desempenhar em todo o mundo, com letras atemporais como “Love and hate can never be friends” tornando-se imortalizadas no vernáculo popular. Em 2016 VP Records anunciou que lançou  um álbum de tributo, 2-CD-s intitulado ´´We Remember Dennis Brown´´. No mesmo espírito do disco ´´We Remember Gregory Isaacs´´, o álbum contou com artistas mais recentes, abrangendo cortes clássicos e raros do mestre. As primeiras quatro músicas no conjunto de CD duplo foram revelados.  Neil Diamond da VP Records revelou exclusivamente alguns destaques iniciais da formação do álbum, acrescentando que músicas adicionais ainda estavam sendo gravado na Jamaica, como do tempo da imprensa.  Romain Virgo "Caress Me Girl" (liberada em 05 de fevereiro) , Raging Fire "Milk and Honey" , Jah9 "Blood City" , The Green "Promised Land",  e a estrela R and B Marsha Ambrosius, ex-Floetry também gravou uma música para a coleção ´´Have You Ever´´, que foi lançada na VP Records em abril deste ano...
Também participaram do disco a filha de Dennis,a artista do reggae Marla Brown com ´´Words of Wisdom´´,uma parceria com Mutabaruka,Mikal Rose ´´Easy Take It Easy´´, Freddie Mc Gregor com ´´Little Village´´,e outros artistas de renome como Richie Spice,Maxi Priest,Bushman,Raging Fya,Jah Cure,Etana,Romain Virgo,Etana,Jahmelody,Iba Mahr,Cronixx,Kelissa,Jahmelody e vários outros artistas..
-------------------
http://www.boomshots.com/index.php/2016/02/paying-tribute-crown-prince-we-remember-dennis-brown/&prev=search
---------------------
Track Listing – We Remember Dennis Brown
Disc 1
I Need Your Love (Rasta Children) – Iba Mahr, Jesse Royal, Keznamdi, Chronixx, Exco Levi, Kelissa, Jahmiel, Kabaka Pyramid and Rockaz Elements
Don’t Want to be No General – Bushman
Promised Land – The Green
Milk and Honey – Raging Fyah
Created By the Father – Christopher Ellis
Words of Wisdom – Mutabaruka & Marla Brown
Melting Pot – Chino
The Existence of Jah – Yahsha
Halfway Up, Halfway Down- Jamelody
Little Village –Freddie Mc Gregor
Easy Take It Easy – Mikal Rose
Bloody City – Jah9
Wolves and Leopard – Richie Spice
Liberation – Shugah
To the Foundation – VP Hit Team
Disc 2
Caress Me – Romain Virgo
Have You Ever – Marsha Ambrosius
Rocking Time – No Maddz
Love Me Always – Maxi Priest
Love Has Found It’s Way – Jamelody & IKaya
Your Love Got a Hold On Me – Sanchez
If I Had the World – Katchafire
Should I – Etana
Stay At Home – Jah Cure
Baby Don’t Do It – Christopher Martin
How Can I – Gyptian
For You – IKaya
No More Will I Roam – Dalton Harris
Money in My Pocket – Jah Vinci
Silhouette – VP Hit Team

segunda-feira, 30 de maio de 2016

ZIGGY MARLEY-Ziggy Marley (2016)

























---------------------------------------------
O artista Sete vezes premiado pelo  Grammy Ziggy Marley lançou seu sexto álbum de estúdio, auto-intitulado ´´Ziggy Marley´´ ,  através da Tuff Gong Worldwide. Os fãs podem agora digitalmente adquirir e transmitir o novo álbum exclusivamente através do iTunes e Apple Music através de 3 de junho de 2016 Além disso, o álbum está disponível em todos os varejistas físicos. Gravado em Los Angeles e produzido por Marley, o álbum auto-intitulado marca seu primeiro lançamento em 2 anos, após o aclamado "Fly Rasta",de 2014,que levou para casa o Grammy de 2015 para Melhor Álbum de Reggae. Ziggy vai embarcar em uma grande turnê norte-americana de verão em apoio do álbum, que começou dia 27 de maio em Coachella, CA.
No álbum Ziggy Marley traz boas músicas como ''Marijuanaman'',"Heaven Can't Take It" (com o brother Stephen Marley),''Butterflies'',''Weekend’s Long'',''Love Is A Rebel'' e ''I’m Not Made Of Stone'',contando com sua ótima banda de apoio,que tem nomes como o lendário baterista Carlton ''Santa'' Davis..

-------------------
http://ziggymarley.com/2016/05/ziggy-marley-new-album-available-worldwide-today/
--------------------
TRACKLIST
01. Start It Up (3:22)
02. Weekend’s Long (4:27)
03. Ceceil (3:11)
04. Amen (3:13)
05. Heaven Can’t Take It (With Stephen Marley) (3:30)
06. Better Together (4:40)
07. Butterflies (3:39)
08. We Are More (3:41)
09. Love Is A Rebel (4:23)
10. Marijuanaman (4:13)
11. We Are The People (3:34)
12. I’m Not Made Of Stone (3:40)

quinta-feira, 26 de maio de 2016

PETER TOSH-´´No Nuclear War´´-1987

























--------------------------------------------------------------------------------
No Nuclear War é o sétimo e último álbum lançado por Peter Tosh. Ele foi lançado em 1987,e recebeu um Grammy por melhor performance de reggae do ano.            
  Com 1987 veio o álbum de Peter Tosh final, "No Nuclear War", lançado poucos dias antes de sua morte, em 11 de setembro de 1987 .e ganhou o prêmio póstumo no Grammy devido ao seu brutal assassinato.   O álbum abre com uma incrível faixa-título, poderosa, dedicada ao fim da Guerra Nuclear e a era da guerra fria, como Tosh previa uma vinda do Armageddon banhada em morte e armamento nuclear. Tosh relata guerras passadas e levando até a guerra final: a precipitação nuclear. Entregando uma mensagem semelhante em tons mais brilhantes com "Come Together", um apelo à união e um fim para a guerra e o racismo, um dos temas por qual Tosh é tão bem conhecido. Fechando o álbum uma única versão abreviada da faixa-título.   Em segundo lugar está "Nah Goa Jail", de Tosh outro de seus mundialmente famosos hinos pró-ganja ditando a legalização da maconha e a cessação da prisão de Rastas que  usam as ervas. Isto é seguido por um remake  de Tosh "Apartheid", do álbum "Equal Rights", de 1977, chamada "Fight Apartheid," neste álbum. "In My Song" e "Testify", são ambos deliciosos testamentos alegria para o poder de Deus e a necessidade de Tosh para expressar seus agradecimentos. Aqui, felicidade e alegria de Tosh brilham mais claro do que em qualquer um dos seus álbuns anteriores..
 --------------------------------------------------------------
    http://www.amazon.com/No-Nuclear-War-Peter-Tosh/dp/B000068G1B                   

Pessoal 



Sem War.jpg Nuclear
No War Nuclear
Álbum de estúdio por Peter Tosh
Liberado1987
GêneroReggae
Comprimento39:34
RótuloEMI
ProdutorPeter Tosh
Peter Tosh cronologia
Mama África
(1983)
No War Nuclear
(1987)
classificações profissionais
pontuações de revisão
FonteClassificação
Todas as músicas2/5 stars [1]

quarta-feira, 13 de abril de 2016

FOUNDATION-´´One Shirt´´-1995
























---------------------------------------------------------------------------
O álbum "One Shirt´´ do grupo jamaicano Foundation transborda com ritmos cativantes, letras inebriantes, e de bronze ricamente texturizada e percussão - todos embalados em conjunto com a produção polida..
 Deixe-me dizer primeiro condolências às famílias, amigos e fãs, para a perda de um membro da banda ,"Ipal" ,um irmão e um amigo, a paz esteja com você.. (ocorrido em 2001)
Foundation, um dos grupos de reggae que mais trabalha no campo agora .Para dar uma revisão completa sobre as obras do Foundation, mais do que a língua pode dizer, para mim as letras incríveis, compositores brilhantes, melodias apertadas, vocais altos, e grandes músicas, como o Tema do disco ´One Shirt´ ,com Sly Dunbar e Robbie Shakespeare,e a tomada do lendário produtor Jack Ruby, de Burning Spear e o álbum Marcus Garvey, colabora sua boa experiência. Cada um que está olhando para a real múzica das raízes devem ter todos os três (3) albums 'Flames 'pela produção de Jack Ruby,´´              Heart Feel It´´ ,outro de Ruby e ONE SHIRT'produzido pela Foundation  ,além de muitas mais faixas inéditas..
Destaque também para Struggling Man , Set The People Free, Fire Is Burning,Beverly Hills - feat. Prezident Brown  , Leaders Of The World, Universal Unrest   ....
---------------------------------------------------
http://www.amazon.com/One-Shirt-Foundation/dp/B000005HR3
Track Listings
1. One Shirt  
2. Set The People Free  
3. Universal Unrest  
4. Private Life  
5. Struggling Man  
6. Africa  
7. Fire Is Burning  
8. Beverly Hills - feat Prezident Brown  
 9. Life Of Living  
10. Friends  
11. Leaders Of The World  
12. Serious Time

quarta-feira, 23 de março de 2016

TARRUS RILEY-´´Contagious´´-2009
























 ------------------------------------------------------------------
Este é o terceiro álbum de Tarrus Riley ,filho de Jimmy Riley,legendário cantor que nos deixou hoje,e por tudo o que sabe de sua música. Ele certamente tem feito o seu caminho com este álbum. A faixa-título é uma grande tomada em um riddim de um clássico de Bob Marley Sua cover de Michael Jackson de "Human Nature" é excelente. Uma das jóias deste álbum é uma faixa chamada "Mandkind", por vezes, soa como The Beatles, é realmente incrível. "Good Girl Gone Bad", com Koshens é uma das melhores músicas do dancehall moderno do ano.  "Young Heart" traz de volta ao som de um clássico dos anos 1960, enquanto " Soul Mate " e "Stop Watch" ,produzida por Sly And Robbie leva de volta aos anos 1970. Tarrus, traz o gospel com uma pequena ajuda de Etana em  "Let Peace Reign" e leva-o para um nível superior. Todas as faixas são bem produzidas, e a escrita é fiel à sua forma, Tarrus atingiu um grande nível com este álbum..
Love Contagious , a faixa-título, se beneficia de um pouco de sorte o propósito do canto que foi feito por Bob Marley em " Comin in From The Cold". Este é um riddim clássico. Ele sempre vai agitar alguma emoção em cada ouvinte do reggae. .
------------------------------
 http://www.amazon.com/Contagious-Tarrus-Riley/dp/B002D6EX0M
TRACKLIST
 1       Living The Life Of A Gun     3:40         
 2       I Sight     4:15        
 3      Love's Contagious     3:51        
 4      Human Nature     4:11    
5      Soul Mate     4:15         
 6      Superman     4:22         
 7      Young Heart     3:05         
 8      Start A New     3:34        
 9      S-Craving     5:07        
10      Why So Much Wickedness?     3:46         
 11      Let Peace Reign     5:21      
12      Don't Judge     4:47         
13      King Selassie HIM     7:33         
 14      Stop Watch     3:51         
 15      Herbs Promotion     4:01    
16      Good Girl Gone Bad     4:17         
 17      Mankind     5:01        
 18      It Will Come [A Musician's Life Story]     4:26

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

BLACK OMOLO-´´Love Your Life´´-2013
























-------------------------------------------------------------------------------
Nascida no Quênia em 16-11-1989 e criada na Holanda desde 1995,a cantora Rita Black Omolo vem fazendo a música desde que ela tinha 5 anos de idade. Rita entrou em contato com vários estilos musicais diferentes, quando ela estava cantando no coro da igreja e tomando aulas particulares. Ao crescer, ela ouviu a música por cantoras como Lauryn Hill, Tracy Chapman, Erykah Badu e Anouk (Holanda).
Black Omolo também foi inspirada por sua mãe,por suas experiências de vida. Empress Black Omolo estava ficando mais consciente sobre a vida. Ela tem uma conexão espiritual e começou a viver, a sentir e a respirar  Energia
Rastafari.Rita tem um sinal e seu espírito a levou direto para a Roots Music.
O álbum possui músicas de Black Omolo que já se tornaram muito populares como  ´´More Positivity´´,´´Love And Affection´´,´´Babylonsystem´´,´´I Chant,´´,´´Sensimilia´´,´´Hot Like Fire´´,´´Rise My People´´,e a faixa título ´´Love Your Life´´..
-----------
TRACKLIST

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

JOE HIGGS-´´Godfather of Reggae´´-2015






















 -------------------------------------------------------------------------------
 Todo o amante do reggae está familiarizado com o nome de Joe Higgs. O pioneiro do reggae que ajudou a formar o trio grupo vocal em Trench Town que se tornou The Wailers (Bob Marley, Peter Tosh, Bunny Wailer) e o mentor de Jimmy Cliff. Embora muitas vezes em outros lugares referido como o Pai do Reggae, seu estilo vocal distintivo e o conteúdo das letras de suas canções bem merece o título de pai e padrinho do Reggae.  Gravado em 1997 e 1998, tanto na Irlanda como na Jamaica, este lançamento póstumo (Joe Higgs sucumbiu a uma batalha contra o câncer em 1999) exibe uma qualidade musical incrível e som dinâmico devido ao apoio da banda de folk irlandesa Hot House Flowers em Dublin, e Wayne Jobson da banda de reggae Native e Max Hinds, filho de Justin Hinds em Ocho Rios. Produzido pelo renomado tradicional músico, artista e produtor irlandes Donal Lunny, a seleção do álbum é uma incrível colaboração de gêneros musicais. Citado na Jamaica Observer, em Junho de 2015, Jobson disse que as sessões de Dublin e Ocho Rios foram descobertas recentemente e re-masterizadas e, "estão entre o melhor de sempre de Joe e eram seus últimos trabalhos antes de sua morte prematura (em 1999)." Ter a sorte de conhecer pessoas que Joe Higgs pediram para administrar por ele em torno do tempo das sessões de gravação, eu comecei a ouvir algumas das demos e ansiava para o lançamento de um álbum.  Enquanto na maior parte roots reggae, a inclusão de instrumentos tradicionais irlandeses fazem as músicas excepcionais. A primeira faixa, "Working It Out", é um exemplo, com o pesado apoio riddim do fundo de reggae sendo misturado com o acordeão irlandês e clássicos riffs de guitarra de rock por cima. Na faixa seguinte, "Caution" clássico de Bob Marley , Joe Higgs mostra que um mentor pode pegar uma canção do protegido e fazer justiça. Esta capitulação acústica, com a adição de violinos e acordeão, combina tão bem que você não pode dizer quando a vibe reggae termina e começa o gabarito irlandês. O relançamento de "And So It Go" (de "Black Man Know Yourself") é uma canção que mostra Joe Higgs relacionado com o sofrimento daqueles que não têm "grandes amigos". Dois outros relançamentos, "She Is The One" (de "Life of Contradiction") e "Vineyard" (de "Unity Is Power") também soam surpreendentes dada a re-produção e remasterização. Uma música que se destacou na demo eu ouvi é "Mistakes I Made", uma grande canção de inspiração, de superar as más decisões e suas consequências. O álbum termina com a música maravilhosa "When I Hear A Melody", que evoca para mim uma visão de Joe tocando ao vivo como um encore.  A partir da primeira faixa à última são exemplos clássicos de por que Joe Higgs pode ser considerado tanto o Pai como o Padrinho do Reggae.

 --------------------------------------------------------
http://www.reggae-vibes.com/rev_sin/jh-godfa.htm


Track list
  1. Working It Out
  2. Caution
  3. Ah So It Go
  4. Vineyard
  5. The Willow
  6. She Was The One
  7. Dear Mother
  8. And It Stoned Me
  9. You Don't Have To See Me
  10. Mistakes That I Made
  11. Never Let You Go
  12. So Fantastic
  13. Talk The Talk
  14. When I Hear The Melody

sábado, 5 de dezembro de 2015

SUGAR MINOTT-Black Roots- 1979
























--------------------------------------------------------------------
Black Roots é um álbum de 1979 por Sugar Minott. Foi o primeira a aparecer no rótulo Black Roots de Minott, e foi descrito no livro Reggae: 100 CDs essenciais - The Rough Guide como um "clássico, que pega o cantor à beira das raízes e fases do dancehall, e com total controle sobre a sua música.  O álbum inclui contribuições de alguns dos músicos de topo da Jamaica, incluindo Leroy" Horsemouth "Wallace, Eric "Fish" Clarke,Noel" Scully "Simms, Eric" Bingy Bunny "Lamont, Gladstone Anderson,Tony Chin,Junior Dan e Ansell Collins, com harmonias vocais fornecidos por Don Carlos, Lacksley Castell e Ashanti Waugh. Duas das faixas do álbum foram emitidas anteriormente como singles - " Hard Time Pressure" e "River Jordan".  O álbum foi descrito por Dave Thompson em seu livro ´´Reggae and Caribe Musical '' como de um valor profundo na sua coleção ,o tempo concedeu uma singularidade imponente a ele" .
 Alex Henderson, escrevendo para Allmusic, disse sobre o álbum: "Se você combinou o estilo de produção de Stax Raw com o tipo de doçura que caracteriza um monte de artistas soul de Chicago, Detroit e Filadélfia e acrescentar uma batida reggae, o resultado pode parecer algo como Black Roots.   O álbum foi emitido pela primeira vez em quantidades limitadas na Jamaica no rótulo Black Roots de Minott em 1979. Ele foi emitido no Reino Unido sobre a subsidiária da Island Records , Mango, em 1980, e também no rótulo Gorgon.  Black Roots igualmente foi emitido em disco compacto em 1990 pela Mango Records..
----------------------
https://en.wikipedia.org/wiki/Black_Roots_(album)

Tracklisting

All tracks by Sugar Minott except were noted
  1. "Mankind" – 2:17
  2. "Hard Time Pressure" – 3:24
  3. "River Jordan" – 3:10
  4. "Jail House" – 2:15
  5. "I'm Gonna Hold On" – 2:38
  6. "Oppressors Oppression" – 3:49
  7. "2 Time Loser" – 3:07
  8. "Black Roots" – 2:31
  9. "Clean Runnings" – 3:02
  10. "Mr. Babylon Man" (Minott, Morris) – 2:48

Personnel

  • Mixed by Prince Jammy and Stanley "Barnabas" Bryan
  • Engineered by Anthony "Crucial Bunny" Graham and Stanley "Barnabas" Bryan

Black Roots
SugarMinottBR.jpg
Studio album by Sugar Minott
Released 1979
Recorded Channel One Studios / King Tubby 's, Kingston, Jamaica , 1979
Genre Reggae
Label Black Roots/ Island-Mango
Producer Sugar Minott
Sugar Minott chronology
Ghetto-ology
(1979)
Black Roots
(1979)
Roots Lovers
(1980)
Professional ratings
Review scores
Source Rating
Allmusic 4.5/5 stars link
Robert Christgau

sábado, 14 de novembro de 2015

JACKIE BROWN-´´Third World Child´´-1979
























 -------------------------------------------------------------------------------
Third World Child,de 1979, é o primeiro álbum do agora saudoso cantor jamaicano de reggae roots Jackie Brown   ..
Brown faleceu de diabetes em  12 de novembro de 2015..
O excelente disco foi produzido por Harry J,e instrumentado com sua banda de estúdio ,Harry J. All Stars..
O engenheiro de gravação foi Sylvan Morris,e o álbum contou com os temas  Poorman Portion , One Step Beyond,Warning You , 007 ,Getting Touch ,When Jah Jah Come ,Third World Children  e Dance With You ...
------------------------
http://www.discogs.com/Jackie-Brown-Third-World-Children

Tracklist

A1 Poorman Portion
A2 One Step Beyond
A3 Warning You
A4 007
B1 Getting Touch
B2 When Jah Jah Come
B3 Third World Children
B4 Dance With You

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

ANSLOM NAKIKUS-´´Fool Moon´´- 2008
























 -------------------------------------------------------------------
Anslom Nakikus é um de cantor Papua Nova Guiné cantor. Ele foi descrito pelo principal jornal das Ilhas Salomão ,Solomon Times, como "a sensação da música popular de Papua Nova Guiné".
 Ele já produziu dois álbuns até à data. Seu segundo álbum, produzido com Mangrove Production , é intitulado ´´Fool Moon´´,de 2008...
 Apelidado como o “Prince of Rabba Dab Style” , seu  álbum "Fool Moon" rapidamente se tornou famoso,trazendo temas como Irie,Where Stap Love,Dhem Dhanse,Fool Moon,Kairak Medley,Hniminangeo?,Crazy,Swit Lurvin, Angel On Earth e Can't Go On-3:31
 Atualmente está gravando um novo álbum com os sul africanos da One People Band (ex banda de Lucky Dube)
-----------------
 TRACKLIST

1 -Irie-3:04
2- Where Stap Love-4:16
3- Dhem Dhanse-4:12
4 -Fool Moon-4:18
5 -Kairak Medley-3:05
6 -Hniminangeo?-4:17
7 -Crazy-3:30
8 -Swit Lurvin-4:11
9- Angel On Earth-4:49
10 -Can't Go On-3:31

terça-feira, 15 de setembro de 2015

SLY DUNBAR-´´Sly Go Ville´´-1982























-------------------------------------------------------------
Como metade do Sly and Robbie,duo baixo-e-bateria mais célebre e amplamente conhecidos músicos do reggae, Sly Dunbar é parcialmente responsável por alguns dos maiores gravações de reggae de todos os tempos. Como artista solo, ele é o único responsável por alguns dos álbuns mais espetaculares (e às vezes francamente fátuos) do gênero. Sly Go Ville, originalmente lançado na Island Records em 1982 e re-lançado na subsidiária da Island,o rótulo Mango em 1990, é um dos seus melhores esforços, embora ele ainda sofre de um excesso de overdubs disformes compostos de dois acordes e funk fusion meio-formado com o reggae. A reedição Tabou1 acrescenta seis faixas bônus ao programa original de oito, o melhor  que é uma versão reggae hip-hop do Yarbrough and Peoples do clássico "Do not Stop the Music". A partir do programa original, os destaques incluem uma adaptação divertida de "Battle of Jericho" e "If You Want It", que prefigura alguns dos melhores funk reggae que Sly and Robbie, mais tarde, produziram na sua etiqueta Taxi. Praticamente tudo o resto desaparece no fundo..
Participaram músicos como Robbie Shakespeare, Tyrone Downie,Robert Lyn,Dean Frazer,"Sticky" Thompson,The Tamlins...
--------------------
http://www.allmusic.com/album/sly-go-ville-mw0000863306
---------------------

Sly Dunbar ‎– Sly-Go-Ville

Label:
Island Records ‎– 204 223, Island Records ‎– 204 223-320
Format:
Vinyl, LP, Album
Country:
Released:
Genre:
Style:

Tracklist Hide Credits

A1 Slippin' Into Darkness
Written-By – Dickerson, Miller, Brown, Scott, Oskar, Jordan, Allen
5:00
A2 Gonna Love You
Vocals – Sly DunbarWritten-By – S. Dunbar
3:44
A3 Battle Of Jericho
Adapted By – S. Dunbar
4:03
A4 Inner City Blues
Vocals – Delroy Wilson Written-By – Nyx, M. Gaye
4:13
B1 If You Want It
Written-By – S. Dunbar
4:00
B2 River Niger
Written-By – Dickerson, Miller, Brown, Scott, Oskar, Jordan, Allen
5:09
B3 Hot You're Hot
Written-By – S. Dunbar
4:01
B4 Unmetered Taxi
Lead Guitar, Rhythm Guitar – Robbie ShakespeareWritten-By – S. Dunbar
3:15

Credits

Notes

Recorded at Chanel One Studio, Kingston, Jamaica W.1.
Re-Mixed at Compass Point Studios, Nassau, Bahamas

© 1982 Island Records
℗ 1982 Original sound recordings made by Taxi Prodcutions

Distributed by the Ariola Group of Companies