Translator

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

sábado, 5 de dezembro de 2015

SUGAR MINOTT-Black Roots- 1979
























--------------------------------------------------------------------
Black Roots é um álbum de 1979 por Sugar Minott. Foi o primeira a aparecer no rótulo Black Roots de Minott, e foi descrito no livro Reggae: 100 CDs essenciais - The Rough Guide como um "clássico, que pega o cantor à beira das raízes e fases do dancehall, e com total controle sobre a sua música.  O álbum inclui contribuições de alguns dos músicos de topo da Jamaica, incluindo Leroy" Horsemouth "Wallace, Eric "Fish" Clarke,Noel" Scully "Simms, Eric" Bingy Bunny "Lamont, Gladstone Anderson,Tony Chin,Junior Dan e Ansell Collins, com harmonias vocais fornecidos por Don Carlos, Lacksley Castell e Ashanti Waugh. Duas das faixas do álbum foram emitidas anteriormente como singles - " Hard Time Pressure" e "River Jordan".  O álbum foi descrito por Dave Thompson em seu livro ´´Reggae and Caribe Musical '' como de um valor profundo na sua coleção ,o tempo concedeu uma singularidade imponente a ele" .
 Alex Henderson, escrevendo para Allmusic, disse sobre o álbum: "Se você combinou o estilo de produção de Stax Raw com o tipo de doçura que caracteriza um monte de artistas soul de Chicago, Detroit e Filadélfia e acrescentar uma batida reggae, o resultado pode parecer algo como Black Roots.   O álbum foi emitido pela primeira vez em quantidades limitadas na Jamaica no rótulo Black Roots de Minott em 1979. Ele foi emitido no Reino Unido sobre a subsidiária da Island Records , Mango, em 1980, e também no rótulo Gorgon.  Black Roots igualmente foi emitido em disco compacto em 1990 pela Mango Records..
----------------------
https://en.wikipedia.org/wiki/Black_Roots_(album)

Tracklisting

All tracks by Sugar Minott except were noted
  1. "Mankind" – 2:17
  2. "Hard Time Pressure" – 3:24
  3. "River Jordan" – 3:10
  4. "Jail House" – 2:15
  5. "I'm Gonna Hold On" – 2:38
  6. "Oppressors Oppression" – 3:49
  7. "2 Time Loser" – 3:07
  8. "Black Roots" – 2:31
  9. "Clean Runnings" – 3:02
  10. "Mr. Babylon Man" (Minott, Morris) – 2:48

Personnel

  • Mixed by Prince Jammy and Stanley "Barnabas" Bryan
  • Engineered by Anthony "Crucial Bunny" Graham and Stanley "Barnabas" Bryan

Black Roots
SugarMinottBR.jpg
Studio album by Sugar Minott
Released 1979
Recorded Channel One Studios / King Tubby 's, Kingston, Jamaica , 1979
Genre Reggae
Label Black Roots/ Island-Mango
Producer Sugar Minott
Sugar Minott chronology
Ghetto-ology
(1979)
Black Roots
(1979)
Roots Lovers
(1980)
Professional ratings
Review scores
Source Rating
Allmusic 4.5/5 stars link
Robert Christgau

sábado, 14 de novembro de 2015

JACKIE BROWN-´´Third World Child´´-1979
























 -------------------------------------------------------------------------------
Third World Child,de 1979, é o primeiro álbum do agora saudoso cantor jamaicano de reggae roots Jackie Brown   ..
Brown faleceu de diabetes em  12 de novembro de 2015..
O excelente disco foi produzido por Harry J,e instrumentado com sua banda de estúdio ,Harry J. All Stars..
O engenheiro de gravação foi Sylvan Morris,e o álbum contou com os temas  Poorman Portion , One Step Beyond,Warning You , 007 ,Getting Touch ,When Jah Jah Come ,Third World Children  e Dance With You ...
------------------------
http://www.discogs.com/Jackie-Brown-Third-World-Children

Tracklist

A1 Poorman Portion
A2 One Step Beyond
A3 Warning You
A4 007
B1 Getting Touch
B2 When Jah Jah Come
B3 Third World Children
B4 Dance With You

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

ANSLOM NAKIKUS-´´Fool Moon´´- 2008
























 -------------------------------------------------------------------
Anslom Nakikus é um de cantor Papua Nova Guiné cantor. Ele foi descrito pelo principal jornal das Ilhas Salomão ,Solomon Times, como "a sensação da música popular de Papua Nova Guiné".
 Ele já produziu dois álbuns até à data. Seu segundo álbum, produzido com Mangrove Production , é intitulado ´´Fool Moon´´,de 2008...
 Apelidado como o “Prince of Rabba Dab Style” , seu  álbum "Fool Moon" rapidamente se tornou famoso,trazendo temas como Irie,Where Stap Love,Dhem Dhanse,Fool Moon,Kairak Medley,Hniminangeo?,Crazy,Swit Lurvin, Angel On Earth e Can't Go On-3:31
 Atualmente está gravando um novo álbum com os sul africanos da One People Band (ex banda de Lucky Dube)
-----------------
 TRACKLIST

1 -Irie-3:04
2- Where Stap Love-4:16
3- Dhem Dhanse-4:12
4 -Fool Moon-4:18
5 -Kairak Medley-3:05
6 -Hniminangeo?-4:17
7 -Crazy-3:30
8 -Swit Lurvin-4:11
9- Angel On Earth-4:49
10 -Can't Go On-3:31

terça-feira, 15 de setembro de 2015

SLY DUNBAR-´´Sly Go Ville´´-1982























-------------------------------------------------------------
Como metade do Sly and Robbie,duo baixo-e-bateria mais célebre e amplamente conhecidos músicos do reggae, Sly Dunbar é parcialmente responsável por alguns dos maiores gravações de reggae de todos os tempos. Como artista solo, ele é o único responsável por alguns dos álbuns mais espetaculares (e às vezes francamente fátuos) do gênero. Sly Go Ville, originalmente lançado na Island Records em 1982 e re-lançado na subsidiária da Island,o rótulo Mango em 1990, é um dos seus melhores esforços, embora ele ainda sofre de um excesso de overdubs disformes compostos de dois acordes e funk fusion meio-formado com o reggae. A reedição Tabou1 acrescenta seis faixas bônus ao programa original de oito, o melhor  que é uma versão reggae hip-hop do Yarbrough and Peoples do clássico "Do not Stop the Music". A partir do programa original, os destaques incluem uma adaptação divertida de "Battle of Jericho" e "If You Want It", que prefigura alguns dos melhores funk reggae que Sly and Robbie, mais tarde, produziram na sua etiqueta Taxi. Praticamente tudo o resto desaparece no fundo..
Participaram músicos como Robbie Shakespeare, Tyrone Downie,Robert Lyn,Dean Frazer,"Sticky" Thompson,The Tamlins...
--------------------
http://www.allmusic.com/album/sly-go-ville-mw0000863306
---------------------

Sly Dunbar ‎– Sly-Go-Ville

Label:
Island Records ‎– 204 223, Island Records ‎– 204 223-320
Format:
Vinyl, LP, Album
Country:
Released:
Genre:
Style:

Tracklist Hide Credits

A1 Slippin' Into Darkness
Written-By – Dickerson, Miller, Brown, Scott, Oskar, Jordan, Allen
5:00
A2 Gonna Love You
Vocals – Sly DunbarWritten-By – S. Dunbar
3:44
A3 Battle Of Jericho
Adapted By – S. Dunbar
4:03
A4 Inner City Blues
Vocals – Delroy Wilson Written-By – Nyx, M. Gaye
4:13
B1 If You Want It
Written-By – S. Dunbar
4:00
B2 River Niger
Written-By – Dickerson, Miller, Brown, Scott, Oskar, Jordan, Allen
5:09
B3 Hot You're Hot
Written-By – S. Dunbar
4:01
B4 Unmetered Taxi
Lead Guitar, Rhythm Guitar – Robbie ShakespeareWritten-By – S. Dunbar
3:15

Credits

Notes

Recorded at Chanel One Studio, Kingston, Jamaica W.1.
Re-Mixed at Compass Point Studios, Nassau, Bahamas

© 1982 Island Records
℗ 1982 Original sound recordings made by Taxi Prodcutions

Distributed by the Ariola Group of Companies

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

MAX ROMEO-´´ War in A Babylon´´-1976
























-----------------------------------------------------------------------
´´War Ina Babylon´´ é um álbum de Max Romeo e Lee ´Scratch´ Perry com sua banda apoio The Upsetters, lançado em 1976.  Junto com The Heptones ´´Party Time´´ e Junior Murvin,´´ Police and Thieves´´, ambos lançados em 1977, este álbum é uma parte do que é conhecido como a "santíssima trindade" das produções de Lee "Scratch" Perry no seu lendário estúdio Black Ark..
Max Romeo contou no álbum com  Cynthia Schools, Marcia Griffiths,Barry Llewellyn e Earl Morgan os dois últimos dos Heptones nos backing vocais..
O álbum trouxe clássicos de Romeo como War Ina Babylon, "Uptown Babies"," Chase the Devil ","One Step Forward" e músicas ótimas como "Tan and See","Smokey Room","Norman"..
-------------------
 https://en.wikipedia.org/wiki/War_ina_Babylon



War ina Babylon
WarInaBabylon.jpg
Studio album by Max Romeo and The Upsetters
Released 1976
Recorded Black Ark Studios
Genre Reggae
Length 37:58
Label Island
Producer Lee "Scratch" Perry , Max Romeo
Max Romeo and The Upsetters chronology
Revelation Time
(1975)
War ina Babylon
(1976)
Reconstruction
(1977)







Track listing

All tracks composed by Max Romeo and Lee "Scratch" Perry except where indicated.
Side A
  1. "One Step Forward" – 5:15
  2. "Uptown Babies" (Romeo) – 5:00
  3. " Chase the Devil " – 3:27
  4. "War ina Babylon" – 4:51
Side B
  1. "Norman" – 4:50
  2. "Stealin'" (Romeo) – 3:04
  3. "Tan and See" (Romeo, Perry, Brown) – 4:36
  4. "Smokey Room" (Romeo, Perry, Brown) – 3:03
  5. "Smile out of Style" – 3:32 

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

BURNING SPEAR-The Fittest of the Fittest -1983
























---------------------------------------------------------------------
The Fittest of the Fittest  é um álbum de estúdio lançado por Burning Spear em 1983.
Este álbum maduro previa uma base sólida para o futuro, garantindo que enquanto Burning Spear fogo 's não queimados como de fogo, como antes, um brilho ainda iria durar ao longo dos anos. A faixa-título The Fittest of the Fittest incorpora tanto o som e visão do que estava por vir. The Burning Band ,a seção rítmica, estabelece um sulco suculento de carne, enquanto o resto dos músicos tecem dentro e fora, mergulhando em riffs e florescendo para criar uma rica tapeçaria de som.  Winston Rodney canta junto, como um papa-léguas de longa distância comendo as milhas e passando referências culturais ao longo do caminho. "Repatriation" goza de uma ranhura igualmente sublime, com a banda quase derretendo nele. Não mais o imperativo imediato, Repatriation agora parece mais um objetivo a longo prazo, uma mudança significativa, passando Rodney longe de sua militância mais cedo e em direção a uma postura mais visionária. É uma transformação que a unidade-temática "Vision" ganha mais apoios, e "For You" confirma. O último som é uma canção para as senhoras, que, mesmo depois de "She's Mine" Spear quebrou o molde cultural em Farover , vem como uma surpresa. No entanto, "Bad To Worst" deixa claro que Rodney não se tornou um otimista  ainda. As injustiças do passado ainda irritar, ou, pelo menos, bolha, como fazem em " 2000 Years", que vem desde as raízes, então se infiltra através dos dancehalls. Se isso, em " Africa" , como o cantor agora reinventa-se como Eek-A-Mouse e ´´boingy boings ´´ em seu caminho através da abertura da canção. Ao mesmo tempo, The Spear Band  retorna ao Studio One e arrasta seus  60 anos de som direto para a mais velha idade das raízes. Mas isso não é nada comparado ao "Fire Man ", que arrasta "Fire Down Below" fora dos arquivos e na idade moderna. Isso é realmente menos do que o original rootsy que Spear gravou para Coxsone Dodd todos esses anos atrás, embora as sirenes no fundo dão um sabor contemporâneo perfeito. E só para fundamentar ainda mais o álbum, há "Old Boy Garvey," mais uma homenagem ao filho mais famoso da Jamaica. Um álbum soberbo,  provando que o artista ainda tinha uma boa dose de fogo fervente..
----------------------------
 http://www.allmusic.com/album/the-fittest-of-the-fittest-mw0000194090
----------------------------
 Track Listing   
 1 -Fittest of the Fittest -Winston Rodney  -    Burning Spear     3:48             
2 -Fire Man -Winston Rodney -     Burning Spear     4:08             
3 -Bad to Worst- Winston Rodney  -    Burning Spear     3:30             
4 -Repatriation- Winston Rodney  -    Burning Spear     3:41             
5 - Old Boy Garvey- Winston Rodney   -    Burning Spear     3:42             
6 -2000 Years- Winston Rodney  -     Burning Spear     4:02             
7  -For You- Winston Rodney   -    Burning Spear     4:03             
8  -In Africa- Winston Rodney  -     Burning Spear     3:59             
9  -Vision- Winston Rodney  -      Burning Spear     4:45                           

sexta-feira, 24 de julho de 2015

LUCKY DUBE BAND- ´´Celebrate His Life ´´-2015
























 -------------------------------------------------------------------------
A banda de Lucky Dube ,ou The Lucky Dube Band,(não é a One People Band,ex Slaves,de Thuthukani Cele), liderada pelo vocalista Ben Priest lançou um álbum de 10 faixas para manter o legado de Lucky Dube vivo. O álbum é apropriadamente intitulado:Celebrate His Life, e os membros estão convidando você para participar nesta celebração através da música.  O álbum já está disponível no iTunes e junodownload para escutar os trechos das faixas, e a data de lançamento antecipada é 03 de agosto de 2015, coincidindo com o aniversário da legenda....
Álbum excelente,apenas pelas prévias...
---------------------------------
 http://www.mzansireggae.co.za/the-lucky-dube-band-celebrate-his-life/

Track List:

1. Mothers
2. Titinana
3. Celebrate His Life
4. Life
5. Make It To The Hills
6. Give Thanks
7. Big Boys Do Cry Mtia
8. Raging Storm
9. Ease the Pain
10. Lucky Loved Africa

sábado, 11 de julho de 2015

CARLTON ´´SANTA´´ DAVIS-´´Watch You Livity´´-2015
























 ----------------------------------------------------------------------
Carlton 'Santa' Davis é o homem por trás da batida que moveu tantos artistas, o baterista talentoso da banda Soul Syndicate e do reggae. Esse é seu novo álbum ´´Watch You Livity´´. Ao longo dos últimos 40 anos,Santa já tocou com lendas Bob Marley, Peter Tosh, Jimmy Cliff, Mighty Diamonds, Burning Spear, Gregory Isaacs,Big Mountain, bem como que equipou o contratempo na bateria na banda de Ziggy Marley durante a última década, com vários prêmios Grammy em seu currículo. Agora, Carlton preparou um conjunto de faixas solo construídas em seus ritmos de marca, oferecendo Watch You Livity, uma coleção de material que Davis compilou em seu tempo entre o trabalho árduo de demanda em sessão e passeios ao redor do globo e uma continuação de seu álbum de 2008,Da Zone...
Participação especial do Ras Michael,mestre no nyabinghi,na faixa ´´Binghi Dance´´..

 by Larson Sutton.


 --------------------------------------
 http://www.cduniverse.com/productinfo.asp?pid=9771951
-----------------------------
 Carlton Santa Davis — Watch You Livity- 2015

TRACKLIST

1.He Is My Father- 05:00
2.Chekk One Two -04:05
3.Make a Move- 04:50
4. It's Jazzy, It's Reggae- 04:18
5.His Majesty- 04:25
6.Faith Moves Mountains -04:23
7.Thank You Jah- 05:01
8.Island Jam -04:38
9.Revelation Time- 04:15
10.Watch You Livity -05:54
11.Jah Glory- 04:22
12.Binghi Dance (feat. Ras Michael)- 04:35
13.Jah Is the Authority- 03:59

segunda-feira, 29 de junho de 2015

SAGGY SAGGILA And THE RAS BAND-´´ Endless Love Racing´´ (2013)

























 -----------------------------------------------------------------------------------
O cantor e produtor sul-africano Richard Siluma aka Saggy Saggila começou a sua carreira musical em 1976, trabalhando como gerente de uma loja para a Warner Bros Communication em seu armazém de música. Ele trabalhou como cantor também, o que lhe deu a chance que precisava para aprender sobre a indústria da música. Foi promovido a homem de vendas e  descobriu o seu amor pela música Reggae, enquanto vendia discos para o comércio. Em 1976, Jimmy Cliff veio para visitar a África do Sul, e vê-lo atuar fez o seu sonho parecer possível. Siluma gravou seu álbum pessoal, chamado de 'African Dance', que ainda está desfrutando de sucesso até hoje.Siluma foi promovido novamente, de um homem de vendas para um produtor musical para Teal Record Company. A primeira contratação de Siluma para a Gallo foi de um grupo chamado Stimela e Lucky Dube. Dube gravou cinco álbuns tradicionais até 1984, e Richie sentiu que era o momento certo para  pedir-lhe para gravar um álbum de Reggae com ele. O primeiro álbum que gravou com Dube como seu produtor e gerente foi chamado de 'Rastas Never Die', e o último foi chamado de ' Víctims'. Então ouviu a má notícia, ele tinha perdido ambos, o seu primo, Lucky Dube, e o irmão Tiny Siluma,assassinados. Eles foram mais como irmãos para Siluma.
Decidindo continuar o seu trabalho,Siluma adotou o nome de Saggy Saggila,recrutou alguns ex-membros da banda de Lucky Dube e outros músicos e formou a Ras Band..
Com ela gravou os álbuns como Saggy Saggila - Wanna Be With You (2011) e esse
Saggy Saggila and The Ras Band - Endless Love Racing (2013),que trouxe temas como  Endless Love Racing,Cousin Brother,Country Side,Mans Toys,Thanks Africa,Bob and Peter,Another Day in Paradise,
Innocent,Ole Mama,I'm an Enemy,Vice Versa Laws e Sleevless Gun...

------------------------------

Saggy Saggila snd The Ras Band - Endless Love Racing (2013)

01 - Endless Love Racing
02 - Cousin Brother
03 - Country Side
04 - Mans Toys
05 - Thanks Africa
06 - Bob and Peter
07 - Another Day in Paradise
08 - Innocent
09 - Ole Mama
10 - I'm an Enemy
11 - Vice Versa Laws
12 - Sleevless Gun

quarta-feira, 17 de junho de 2015

PHUMI MADUNA -´´Africa Unite (Tribute to Lucky Dube)´´-2015
























------------------------------------------------------
Versatilidade e resistência são as palavras que melhor descrevem  Phumi Maduna. Sua carreira musical se estende por mais de 2 décadas e o seu dom musical tem lhe proporcionou o privilégio da turnê internacional, bem como trabalhando com músicos mais experientes da indústria da música sul-africana.  Ela começou a cantar em tenra idade e estava determinada a se tornar um sucesso na música, apesar das reservas de uma outra forma de apoiar a mãe. Phumi Maduna começou sua jornada, juntando-se e realizando em obras por renomados dramaturgos como Gibson Kente e Sam Mhangwana. Mais tarde juntou-se Amakhowa (com a atriz Brenda Fassie ) e os Soul Brothers antes de conhecer Madoda Malotana com quem ela iria formar um Duo chamado 'Cheek to Cheek'.  Durante seu tempo com a CCP Records, elas lançaram um total de 5 álbuns. Madna descobriu seu amor pela música reggae quando Cheek to Cheek deixou registros do CCP para a Gallo Records. Na sequência desta manobra, ela encontrou-se a se apresentar como um backing vocal para Lucky Dube, que, juntamente com Richard Siluma, foi a inspiração para o primeiro álbum de reggae de Phumi Maduna 'Substitute' (1991). Este álbum seria seguido por ‘Sweeter Than Ever’ e ‘Style and Fashion’ ' (produzido por Eugene Mthethwa dos Trompies). Phumi Maduna fez várias turnês internacionais e se apresentou em países como Japão, Estados Unidos, Ilhas Fiji, Botswana, Zâmbia, Zimbabwe, Namíbia e Uganda (PAM Awards, 2004).  Phumi Maduna já dividiu o palco com artistas lendários como Yvonne Chaka Chaka, Blondie Makhene, Ali Katt, Steve Kekana, Senyaka, Sipho 'Hot Sticks' Mabuse, Mercy Pakela, Keith Sweat, The Commodores e Kool and The Gang. Além de seu trabalho como cantora, Maduna investe um pouco de seu valioso tempo em ajudar jovens artistas e ajudando-os a realizar seus objetivos e tem destaque em um filme chamado ‘Shadows of Death. 'Sista Phumi' terminou de gravar 2 novos álbuns completos no reggae; este álbum'Africa Unite' (Tribute to Lucky Dube) e 'Victory',ambos lançados em 2015. .
 Phumi Maduna também estará indo em uma turnê promocional pela África com a banda de Lucky Dube ,One People Band,que também participa dos álbuns de Maduna como músicos de apoio ou no dueto vocal com Thuthukani Cele..
 -----------------------------
Temas :'Africa Unite' (Tribute to Lucky Dube)

1.Tribute to Lucky Dube (feat. Thuthukani Cele)     6:21
 2.Heard Him Cry     5:07
 3.Africa Unite (Freedom)     4:00
 4 .Suspicious Mind     4:16
 5 .Cant Stay     5:04    
 6 .Reggae Beat (feat. El Supreme)     3:50
 7 .Substitute     5:45
 8 .I Believe (feat. El Supreme)     5:54
 9 .Back in the High Life     4:23    
 10 .Show Goes On
-----------------------
http://www.mzansireggae.co.za/artist/sista-phumi/

segunda-feira, 1 de junho de 2015

.ALPHA BLONDY-“Positive Energy”-2015
























 -----------------------------------------------------------------
O veterano do reggae africano ,de Costa do Marfim,volta ao Brasil para lançar seu décimo primeiro disco, “Positive Energy”,de 2015.  Desde o inicio de sua carreira nos anos 1980 com o hit Pan Africano “Opération Coup de Poing (BrigadierSabari)”, Alpha Blondy tem como costume entregar a seus fãs um reggae de qualidade, apresentando sempre novos elementos em sua música. E seu contrato de confiança com seu publico é mais uma vez cumprido com talento: Positive Energy se estabelece diretamente como um grande disco. “Positive Energy é um disco de parceiras!”, exclama Alpha ao definir a obra.  E, de fato, o novo trabalho de Alpha Blondy traz lindas participações: dois cantores famosos jamaicanos, Ijahman Levi em “Rainbow in the Sky” ; Tarrus Riley em “Freedom”; o chefe do zouk africano, Jacob Desvarieux em “N’Teritche”;os cantores africanos Ismael Isaac e Marocain Issam em  ´Allah Tano´, e uma jovem promissora cantora congolesa, Pierrette Adams, em “Séchez Vos Larmes”.  Para passar suas ideias, Alpha se fortalece de seus melhores guerreiros: seu grupo Solar System, que começou a gravação em Abidjan no estúdio do cantor e depois continuou em Paris, no estúdio da Grande Armée. “Esse disco, não parece com os outros”, diz Alpha Blondy como conclusão..
--------------------------

alphablondy-positiveenergy.jpg

Alpha Blondy - Positive Energy

CD / DIGITAL RELEASE
Release date: 5/18/2015

Tracks
01. Rainbow In The Sky feat. Ijahman Levi
02. Freedom feat. Tarrus Riley
03. Allah Tano feat. Ismael Isaac and Marocain Issam
04. No Brain, No Headache
05. Maclacla Macloclo
06. Madiba M'a Dit
07. Lumière
08. Séchez vos larmes feat. Pierrette Adams
09. N'téritchê feat. Jacob Desvarieux
10. Ingratitude
11. Une Petite Larme M'a Trahi
12. Querelles Inter-Minables

Featured artists: Tarrus Riley, IJahman Levi

sábado, 23 de maio de 2015

KIMAANY-´´Dramatic Situation´´-2015





















 -------------------------------------------
 É impossível falar de reggae em Camarões sem mencionar o nome de Kimaany. Este é, sem dúvida, um dos líderes do sócio estilo muito empenhado politicamente. Depois de seu álbum anterior; Save Africa, Tree of Justice e Africa is Talking,respectivamente,lançados em 2000, 2004 e 2009, este ativista fervoroso está prestes a completar a sua quarta obra em 2015 ,o álbum "Dramatic Situation" que promete ser o verdadeiro testemunho de sua maturidade.  Beneficiando de condições de preparações pendentes para este álbum de consagração, Kimaany aqui realiza o sonho de vários artistas de reggae porque ele gravou neste momento no lendário Dawn Town Studio em Joanesburgo na África do Sul com os músicos majestosos e imortais de Lucky Dube; One People Band. Thuthukani Cele (vocais,teclados para Lucky Dube e o maestro da One People Band) Ringo (Engenharia da música sul-africana) e Nkulee Dube (filha do rei Lucky Dube) são os convidados em que caracteriza este maravilhoso álbum. Com um lançamento planejado para meados de 2015, resta-nos que ele gostava de orientação..
Uma das músicas do disco  "Dramatic Situation" ,´´Lucky Dube Forever´´  (featuring  Thuthukani Cele já  está disponível no youtube..
---------------------------------
http://www.madeinmboa.com/accueil/kimaany-un-album-culte-en-preparation/

sexta-feira, 15 de maio de 2015

THIRD WORLD-´´Live At Belly Up´´-2014
























 --------------------------------------------------------------------
Third World é mais do que apenas uma das melhores bandas de reggae de todos os tempos, é uma instituição que se destaca por produzir e executar a música que, enquanto segurava firme às raízes culturais e ancestrais dos seus membros..
O álbum ao vivo  Live at the Belly Up do Third World foi lançado em 11 de novembro de 2014,e contou na formação com o líder Stephen ''Cat'' Coore nas guitarras,Tony ''Ruption'' Williams na bateria e djémbe ,Richie Daley no baixo,Maurice ''Smooth Lion'' Ellis e Norris "Noriega" Webb nos teclados,e as   vozes do nosso novo membro da banda, AJ Brown atuando como vocalista.
AJ Brown substituiu o saudoso Bunny Rugs,falecido em 2013,e Brown tem um timbre de voz semelhante ao de Rugs,encaixou bem na banda..
Live at the Belly Up

Live at the Belly Up

Comemorando 40 anos, os 'Reggae Ambassadors' , Third World é uma das bandas de Reggae de vida mais longa de todos os tempos, e um dos mais consistentemente cruzamento popular da Jamaica atua entre o público internacional. Elementos de rhythm and blues, funk, pop e rock e, mais tarde, mistura de dancehall , o estilo do Third World tem sido descrito como "reggae-fusion": O saudoso cantor Bunny Rugs descreveu o som da banda como "Estritamente uma banda de reggae, sem dúvida uma banda de reggae. , sim. " . O Guitarrista Cat Coore expressou: "O híbrido de vários tipos de música é uma coisa natural, porque, por crescer na Jamaica, conhecemos as raízes diretas do reggae e  do ska. Ao mesmo tempo, nós vivemos em um país onde você tem que ouvir Chuck Berry, Fats Domino e todos os artistas de rhythm and blues. " O baixista Richard Daley articula, "Levamos a música roots reggae e colocamos os galhos em cima dela". ..
O álbum Live At Belly Up foi gravado em Solana Beach,143 S. Ave Cedros,San Diego,Califórnia,USA, no local de eventos e shows conhecido como Belly Up,que fundado em 1974...
O grupo tocou temas como Reggae Ambassador,Roots With Quality, Ride On ,Moving Up Ft. Omar , Forbidden Love ,Greetings San Diego , Into The Night , 96 Degrees Intro , 96 Dregrees ,  Kumina,Sweet Dreams , Try Jah Love e Now That We Found Love...
Destaque para os solos de guitaaara do fabuloso guitarrista Cat Coore e a performance de djémbe do baterista Tony Ruption..
----------------------------------------
http://bellyup.com/third-world


Third World - Live At The Belly Up

01 Intro 2:55
02 Reggae Ambassador 3:17
03 Roots With Quality 2:43
04 Ride On 2:48
05 Moving Up Ft. Omar  2:41
06 Forbidden Love 3:36
07 Greetings San Diego 0:50
08 Into The Night 3:57
09 96 Degrees Intro 3:31
10 96 Dregrees 6:18
11 Kumina 5:01
12 Sweet Dreams 7:31
13 Try Jah Love 6:20
14 Now That We Found Love 8:26

segunda-feira, 27 de abril de 2015

PROTOJE-´´Ancient Future´´-2015
























------------------------------------------------------------------------
Crítica do Álbum: Protoje - Ancient Future -2015/03/04- por Gardy Stein-Kanjora..
Protoje é um dos poucos contadores de histórias modernas que merece ser chamado de um Griot.   Griot: um membro de uma casta hereditária entre os povos da África ocidental, cuja função é a de manter uma história oral da tribo ou aldeia e para entreter com histórias, poemas, canções, danças, etc. (fonte: dictionary.com)  A definição acima descreve um grupo selecionado de pessoas que gostam de grande prestígio em suas culturas. Griots são convidados a eventos importantes, tais como casamentos, celebrações anuais de colheita ou o nascimento de uma criança para narrar em suas canções e histórias da história do grupo que visita , mantendo-a viva e passá-la para as próximas gerações.  Protoje, na minha humilde opinião, é um dos poucos contadores de histórias modernas que merece ser chamado de um Griot. Com o álbum febrilmente antecipado ´´Ancient Future´´, ele continua sua tradição de lançar letras inteligentes sobre riddims inovadores, envolto em um som que se desenrola a sua magia mais fundo se você ouvi-la. Sinceramente, cada vez que eu pressione para tocar em uma das onze canções incluídas, descubro uma outra camada, pequenos detalhes sonoros que escaparam minha atenção antes. Assim, poderia ser muito cedo para escrever este comentário, como eu não ter atingido o fundo dessas faixas complexas ainda, mas, novamente, por que você não deveria participar da missão? O que fica claro é que o atual ciclo, produzido por James Winta para Overstand Entreteniment e o próprio rótulo de Protoje ,In Digg Nation , se sente como um regresso a casa, como a forma como a sua música é suposto soar.  "Sinta-se livre para se levantar, jovem, apto e dotado, como nos reunimos para participar nesta tradição antiga." são as palavras que introduzem´´ Bubblin '´´, uma música que capta perfeitamente o conceito de Ancient Future . Originalmente lançada pela banda Zap Pow em 1978, contém uma amostra coro de Beres Hammond, e com seu talento lírico e a mensagem de saída para outros artistas, como Jah9, Protoje facilmente fecha o círculo e transporta a faixa para o aqui e agora.  Protection é a faixa do álbum, na verdade, começa com ela. Dominado pelos sons simples claros de um teclado e um repique baixo pesado, o artista de destaque Mortimer leva "um voto para proteger a minha própria". Com uma certa melancolia arranhada em sua voz é um equilíbrio perfeito para poderosa franqueza de Protoje . Força para o sábio e proteção para os mansos. Em seu estilo inimitável, descontraído, o Griot passa a cantar com o coração em canções como Criminal, Who Knows feature Chronixx (que não precisa de mais nenhuma menção) ou All Will Have To Change. Este último é um chamado global, especialmente para as pessoas que são rápidos em apontar o dedo para os outros. Nós todos temos que mudar.   Em uma recente entrevista com a revista Riddim, Protoje disse que ele decidiu não cantar sobre qualquer coisa que não lhe diz respeito pessoalmente, e, assim, Stylin 'pode ser o seu caminho para chegar com um relacionamento que deu errado. "Algumas coisas são muito difíceis de perdoar." Outra canção de mágoa, amor ,Love Gone Cold  acena claramente ao mainstream. Com Sevana ele introduz uma protegida promissora (com quem já produziu o single Bit Too Shy no ano passado), e porque sua voz ´´soulful´´ se encaixa bem com o próprio canto crispado de Protoje , ela é ouvida novamente ao lado dele e Jesse Royal,em Sudden Flight que pode soar como um sino, montando o tiro de espingarda do Riddim.  Uma e outra vez, o artista inclui, assim, um material mais ou menos antigo em suas trilhas orientadas para o futuro. Answer To Your Name, por exemplo, é um remake de uma canção maravilhosa do Prince Buster. A letra contribui para esta conexão intrincada do passado e do presente, bem como:´´ Satta Massagana´´ é mencionado,o folclore jamaicano narrado, evocando passagens bíblicas  (em Who Can You Call, por exemplo) - letras que são profundas!  The Flame é a faixa de encerramento, e em conjunto com Kabaka Pyramid, Protoje mantém o fogo aceso e nos deixa com a certeza de feltro que, muito em breve, mais está por vir, tem que vir.Para citar o Griot mais uma vez: "Eu me sinto como se eu pudesse apenas continuar a falar de vibrações positivas e as energias, e isso e aquilo ..."  Você sabe o que? Por favor, faça!..
----------------------
http://www.reggaeville.com/nc/artist-details/artist/protoje/release/ancient-future/ac/artistReleases/lead/review.html
---------------------

Protoje - Ancient Future

CD / DIGITAL RELEASE / VINYL [Baco Records]
Release date: 3/10/2015

Tracks
01. Protection feat. Mortimer
02. Criminal
03. Who Knows feat. Chronixx
04. All Will Have To Change
05. Stylin'
06. Love Gone Cold feat. Sevana
07. Sudden Flight feat. Jesse Royal & Sevana
08. Bubblin'
09. Answer To Your Name
10. Who Can You Call
11. The Flame feat. Kabaka Pyramid

Featured artists: Chronixx, Sevana, Kabaka Pyramid, Jesse Royal

quinta-feira, 16 de abril de 2015

ONE PEOPLE BAND-´´In Memory of Lucky Dube - The Spirit of Reggae´´-2015





















------------------------------------------------------------
One People Band pode soar como uma banda nova nesse negócio de reggae, mas já esteve lá por um longo,longo tempo. Eles viajaram com Lucky Dube em todos os quatro cantos do mundo, sim, eles têm sido chamados de tantos nomes, primeiro eram The Slaves e então depois de ter o primeiro presidente negro da África do Sul (Nelson Mandela) eles mudaram o nome para Free At Last. Depois da passagem de Lucky decidiram continuar com o seu legado como One People Band.  A banda   "One People" levantou das cinzas da dor causada pela morte trágica de seu líder carismático e talentoso, Lucky Dube, em outubro de 2007. Comandando o microfone agora está o ex tecladista Thuthukani Cele igualmente encantador e amável, e  “Thuthu” como ele é conhecido por seus fãs está fazendo um trabalho notável, trazendo palavras proféticas do Lucky Dube ao público local, que de repente desenvolveram um apetite insaciável para as melodias, devorando cada palavra e nuance. A banda agora se apresentou em vários grandes festivais na África do Sul,e recebeu ovações com cada performance.  A banda recentemente também tem colaborado com o renomado Freshly Ground  e Kwela Tembza em um tributo a Lucky Dube em Sun City. Em 2008, o lendário Eddy Grant chegou à África do Sul para procurar uma banda para viajar com ele em todo o mundo, e ele escolheu a Lucky Dube Band ( One People Band). Foram para conquistar o mundo novamente, nos festivais de aniversário GlastonBery e de Nelson Mandela, em festivais de Reino Unido e Ragga Muffin na Austrália e Nova Zelândia. No mesmo ano a Gallo Record Company assinou com a banda como "One People Band" e a gravação de um novo álbum contendo seu material novo, original,é o resultado desse encontro,One People Band ´´(In Memory of Lucky Dube) - The Spirit of Reggae´´. O disco trouxe temas como .  A banda de 10 peças tem balançando as audiências com os sons que fizeram rei de reggae sul-africano Lucky Dube uma estrela ao redor do mundo. Quem são eles? Thuthukani Cele - vocais de ligação,Richard Sekgobela :teclados ; Doods Motlatsi Molefi : percussão ; Ali Mthombeni : teclados;Themba Dlamini:guitarra solo;Bongani Sithole :baixo; Tladi Kometsi e Bethuel Mbonani :bateria,tambores; Philile Cele ,Siziwe Ngema e Fakazile Somhlaba :backing vocais. Vindo em sua direção em breve, no espírito de Reggae tour estrelando "One People Band" é um show imperdível.  O verdadeiro som de Lucky Dube e África do Sul se move em  você..
----------------------
TRACKLIST
 1. We Need Your Light
2. Rise From Ashes
3. Luck Dube was a Hero
4. Talk Atalk a lot
5. We are One People
6. Love Has Grown
7. Not Because I'm Wise
8. Zion Is Waiting
9. Never Stop Reggae
10. Oh Mama
11. Forgive Me if I Cry

----------------------------------------
http://pt.jango.com/music/One+People+Band?l=0

sábado, 11 de abril de 2015

GARTH DENNIS-´´Trenchtown 19 3rd Street´´-2015
























 ------------------------------------------------------------------------
TRENCH TOWN NINETEEN 3rd STREET. Por Roger Steffens.
 "Eu dei ao meu primeiro álbum um título de "Home of History", diz o grande veterano reggae Garth Dennis. É o último dia de junho de 2014, e nós estamos sentados com seu filho meditativo Saeed e a genial esposa Jenje nos arquivos em Los Angeles, rodeado por uma prova de sua longa carreira com alguns dos maiores nomes da música Reggae. "Quero saber por que levou tanto tempo para fazer este álbum? Mantive a reagrupar-me com meus antigos grupos"ele ri. Sua reivindicação na história baseia-se no fato de que havia no centro de onde tudo começou , sua casa na  3rd Street em Trench Town – aos dez anos de idade, conheceu Bob Marley quando ele chegou pela primeira vez na área que deu origem a tantos futuros artistas mundialmente famosos. "Houve pessoas como Joe Higgs", recorda com um sorriso. "Jackie Edwards, Delroy Wilson (ele era meu vizinho ), Alton Ellis, até minha irmã Joey, que tiveram os primeiros sucessos com Andy and Joey. Éramos uma família muito talentosa.O irmão Franklin 'Little T' Dennis representou o Boys Town no cricket e passou a jogar cricket em campeonatos mundiais para o Canadá. E outro irmão Trevor 'Dongodee' Dennis representou o lado nacional da Jamaica no Futebol. "Joe Higgs é meu 'double-de-lei'; meu irmão tem um filho com a irmã de Joe, e o irmão de Joe tem um filho com minha irmã. Conheci Bob Marley e Bunny Livingston, antes que eles começaram a cantar. Meu irmão Franklin me apresentou Bob e Joe, que era um tutor para todos nós naqueles dias, porque ele já estava gravando como Higgs and Wilson. Os Wailers, Bunny, Peter, Junior Braithwaite, Beverley Kelso e Cherry Green– evoluiram fora de cena. "Wailing Souls foram ensinados a cantar em harmonia por Joe, primeiro em grupos sempre mudando os participantes, então vem junto com Matthews Pipe, Bread  MacDonald ,Buddy Haye e eu. Nosso primeiro registro como Wailing Souls veio no Channel One – 'Things and Time'. Então Coxsone lançou um álbum dos Wailing Souls. Eu também fundei a formação do Black Uhuru,ao mesmo tempo, com Don Carlos e Black Uhuru. Depois de muitos anos em turnê com Wailing Souls, Garth foi convidado por Duckie Simpson a integrar uma reformada uma versão do Black Uhuru, com ele próprio e Don Carlos. Eles gravaram quatro álbuns nomeados para o Grammy para Mesa/Blue Moon e percorreram o mundo. Quando Garth e Don foram na estrada com esse nome, Duckie processou alegando que ele possuía o nome do grupo. Um tribunal na Jamaica decidiu diferentemente, premiando os direitos sobre o nome de todos os três membros fundadores. Hoje, Garth vive com sua família a várias milhas a leste de Los Angeles, tornando-se um professor, aprimorando os talentos de seus três filhos em seu grupo Blaze Mob . Os mais novos Dennis tem tocado em grandes palcos e são destaques em várias faixas aqui. História recorda-se da primeira nota deste álbum. "Love Your Company," é uma canção escrita por sua irmã Joey e lançado por Coxsone logo após a independência jamaicana em agosto de 1962. Sua atualização enérgica é sustentada pelo tambor do baterista majestoso inovador, Sly Dunbar, fornecendo o que chama de Garth "um sentimento funk/mento  com elementos de ska e rock steady. Eu sempre amei essa música quando criança e pensei que não teve exposição suficiente". E por falar em bateristas,o homem das varas do UB40, conhecido como Pops, é destaque no "Jah House of Love", gravado no estúdio do grupo em Oracabessa, Jamaica. Ex-aluno dos Wailers ,Glen DaCosta toca metais muito vívidos. Sempre cheio de esperança, Garth diz que a música é um convite "para trazer seus problemas para a casa do amor e vai aliviar sua dor. Muitas pessoas estão vendo a unicidade de tudo ao seu redor, está acontecendo agora. "Depois de estar rodeado por tudo o que o amor é tempo você senta e acende a sua ganja. Eu escrevi 'Marijuana' na época do caso Dudus ,quando mais de 70 pessoas foram mortas na tentativa de prender um dos barões de droga mais perigosos da Jamaica. Então depois que o prenderam, não havia nenhuma erva  por algum tempo." Rindo da memória, ele afirma, "Agora em todos os lugares, de Amsterdam para a Califórnia ,para Little Tokyo está prestes a legalização, mesmo na sua nativa Jamaica." Seu filho Saeed  forneceu algumas letras e é acompanhado por seus irmãos no backing vocal. Uma das filhas dos cantores backup é ouvida encantadoramente no início de "Save the Children," em que Garth se reencontra com Don Carlos em uma reflexão melancólica sobre todas as crianças abusadas do mundo e tantas mulheres sujeitas a esse desrespeito hediondo. Outro amigo de adolescência do Garth é o rootsiest de rootical, Ras Michael dos Sons of Negus. Também um residente de longa data de Los Angeles, ele realiza grounations semanais no quintal de sua casa, perto de Florença e na Normandia, o notório canto em que começou com a a revolta de Rodney King. Ras Michael junta-se a Garth no vocal de  “Eyes Open” em que as vozes de Garth afirmam que "agora que as pessoas estão abertas para o que está acontecendo que eles estão acordando para a realidade, com as pessoas em harmonia. É divino, esse sentimento de um dia glorioso, a humanidade vem junto como um povo.
 O Saxman local soulful Al Kirk é destaque em “Love of Money”,que leva o velho clichê e revela seu entendimento adequado. "Lembre-se, na Bíblia," diz Garth, "os homens dizem que tem o amor ao dinheiro é a raiz de todo mal. É minha denúncia do capitalismo e todos os seus males. “Desta” é o nome da segunda filha de Garth. Desta, ela canta, "destino leva-me à tua porta, isso me faz amar-te mais".O filho Gyasi é o skanking DJ
por  Roger Steffens..
 -----------------------------
 http://www.cdbaby.com/cd/garthdennis2
-----------------------

quarta-feira, 1 de abril de 2015

ISRAEL VIBRATION- Play It Real- 2015
























 ------------------------------------------------------------------------
Israel Vibration - Play It Real- É o novo álbum de 2015 do agora duo jamaicano Israel Vibration,com Skelly e Wiss..
Como sempre,trabalho de qualidade,e o vocalista Droop Lion,que agora trabalha com The Gladiators como convidado especial em ´´Man Up´´..
Temas:Leisure, Ganja , Wha It Name ,Man Up feat. Droop Lion ,Incomplete ,Happiness,  IRS ,Journey , Sign ,Dancing In The Rain , Organ, Beautiful , Leisure Dub e Dancing In The Rain (Acoustic)..
 A dupla mítica do Israel Vibration  voltou à Jamaica para gravar esse novo álbum  ´´Play It Real´´ no estúdio Mixing Lab.Já posso dizer que o som é na mesma veia como seu último álbum "Reggae Knights", lançado em 2010 e já produzido pela Mediacom que tem varas novamente este ano..
 O álbum foi gravado na Jamaica, em dezembro de 2014, com Errol "Flabba" Holt  (baixista e líder da Roots Radics), Stanley "Barnabas" Bryan (bateria), Dalton Browne (guitarra), Herman "Bongo Herman" Davis (percussão), Michael "Ibo" Cooper (um dos fundadores do Third World nos teclados) e Tony Asher (teclados). Mixagem foi realizada nos estúdios Mixing Lab na Jamaica.
 -------------------------------------------
 http://www.reggae.fr/lire-news/10531_201503_Israel-Vibration--Play-It-Real--bientot-dans-les-bacs.html
 Israel Vibration - Play It Real 2015

TRACKLIST
 01. Leisure
02. Ganja
03. Wha It Name
04. Man Up feat. Droop Lion
05. Incomplete
06. Happiness
07. IRS
08. Journey
09. Sign
10. Dancing In The Rain
11. Organ
12. Beautiful
13. Leisure Dub
14. Dancing In The Rain (Acoustic)